blog

baita baiacu

categoria: pequenas fornadas, pya lima em ação

Eu tinha nove anos quando vi uma vaca pela primeira vez, no pavilhão de exposições de um parque perto de casa; morri de pena dos animais. Um ano antes, num hotel-fazenda, meu pai tinha me colocado sobre um cavalo; fiquei em pânico. Estava com mais de 30 quando conheci um (argh!) galinheiro. Esses três episódios representavam 60% da minha experiência com a vida selvagem, até que…

O fim desta história está no Baita baiacu, capítulo do “Armário sem Portas 2″.

comentários

meio complicado comentar sem soltar spoiler, mas posso dizer que comecei o capítulo rindo e terminei gargalhando. :D

Enviada por: Carla

deixe seu comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Books